Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Cristiano Ronaldo: ‘Quero ser o melhor da história’

Craque português do Real Madrid recebeu sua terceira Chuteira de Ouro e admitiu que já se vê entre os maiores gênios da história do esporte

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 11h18 - Publicado em 5 nov 2014, 14h29

O atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, recebeu na noite desta terça-feira o prêmio Chuteira de Ouro, concedido ao maior goleador do futebol europeu. Com 31 gols marcados na temporada 2013-2014, ele terminou empatado com o uruguaio Luis Suárez, ex-Liverpool e atualmente no Barcelona, que já havia recebido a sua honraria em outra cerimônia. Muito contente por receber o prêmio pela terceira vez na carreira, Cristiano Ronaldo afirmou que sua fome por conquistas só aumenta a cada temporada e, aos 29 anos, já se vê na briga por um lugar na lista dos maiores jogadores de todos os tempos. “Não quero ser apenas o melhor de Portugal, quero ser o melhor da história. No meu trabalho, quero sempre ser o melhor e, quando encerrar a carreira, pretendo olhar as estatísticas e concluir se estou entre os melhores. Seguramente estarei”, afirmou, confiante como sempre, o craque ao final da festa em Madri.

Leia também:

Cristiano Ronaldo não marca, mas Real vence e se classifica

Gigantes da NFL imitam Cristiano – e sofrem lesões graves

Cristiano Ronaldo é um dos 23 indicados à Bola de Ouro da Fifa

Assim como fez ao receber a Bola de Ouro da Fifa no início do ano, Cristiano Ronaldo levou o filho Cristiano Jr. e a mãe para a cerimônia e admitiu que coloca os prêmios individuais entre suas metas. “Obviamente, o coletivo é o mais importante, mas não vou dizer que os prêmios individuais não sejam, porque também gosto muito de recebê-los e trabalho muito para isso.” Cristiano recebeu o prêmio das mãos do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, que não se intimidou a compará-lo ao ídolo máximo do clube, Alfredo Di Stéfano, morto em julho deste ano aos 88 anos. Para o cartola, o atacante já pode ser considerado como o sucessor do argentino. “Há alguns meses, perdemos Di Stéfano, mas hoje podemos dizer que estamos diante de um herdeiro à altura. Parabéns pela trajetória, desejamos que fique eternamente aqui no Real”, disse Pérez. Cristiano Ronaldo é um dos principais favoritos a receber o prêmio de melhor jogador do mundo pela terceira vez, em cerimônia que acontecerá em Zurique em 12 de janeiro de 2015.

​(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade