Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Cristiano Ronaldo: ‘Quero ganhar seis títulos no ano’

Melhor jogador do mundo está em fase de recuperação física nos EUA

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 13h45 - Publicado em 29 jul 2014, 10h04

O atacante português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, está bastante empolgado para o início da temporada do futebol europeu. Ainda em recuperação física, o melhor jogador do mundo em 2013 está em Dallas, nos Estados Unidos, onde o clube espanhol realiza sua pré-temporada. Nesta segunda-feira, Cristiano Ronaldo falou sobre suas expectativas para este ano. “Meu desejo é que o Real Madrid levante todos os títulos possíveis, quero ganhar os seis títulos”, afirmou. Nesta temporada, o atual campeão europeu disputa a Supercopa da Espanha, a Copa do Rei, o Campeonato Espanhol, a Liga dos Campeões, o Mundial de Clubes e a Supercopa da Europa.

Leia também:

Real Madrid lidera lista da ‘Forbes’ de equipes mais valiosas

James Rodríguez e Suárez, as sensações da próxima temporada

Suárez pode estrear no Barcelona contra o Real Madrid

Dono de um dos elencos mais fortes do futebol mundial, o Real Madrid contratou mais dois destaques da última Copa do Mundo: o alemão Toni Kroos e o colombiano James Rodríguez, artilheiro do Mundial. A imprensa europeia ainda especula sobre a contratação do atacante colombiano Falcao García. Com o bom retrospecto recente e as contratações de peso, a confiança de Cristiano Ronaldo aumentou. “Nosso clube, comissão técnica, meus grandes companheiros e eu vamos fazer o possível para provocar mais alegria a esta torcida magnífica.”

Cristiano Ronaldo está com o elenco do Real nos Estados Unidos, mas, até o momento, realizou apenas trabalhos leves para não abusar da condição física, tão debilitada na reta final da última temporada. Quando os campeonatos começarem, no entanto, ele afirma que estará em plena forma. “Vou batalhar desde o começo de cada treinamento até o último minuto de cada partida.” Na última Copa do Mundo, o astro da seleção portuguesa jogou com dores no joelho e teve atuação apagada: marcou apenas um gol e deixou o Brasil na primeira fase.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade