CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Corinthians empata com Vitória e se afasta da Libertadores

Com o resultado, a chance de classificação para o torneio fica mais remota

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 02h05 - Publicado em 3 nov 2013, 19h50

Em má fase, o Corinthians empatou em 1 a 1 com o Vitória, em jogo válido pela 32ª rodada da competição, realizado neste domingo, no Barradão, em Salvador. Alexandre Pato teve uma chance de marcar, mas mandou na trave. Com o resultado, a chance de classificação para a Libertadores do ano que vem fica cada vez mais remota.

Atlético-PR ganha do Inter e assume vice-liderança

Presidente garante Luxemburgo no Fluminense, derrotado pelo Flamengo

​Goiás vence o Botafogo no Serra Dourada e cola no G-4

Grêmio empata com Bahia e vê posto no G4 correr risco

O ataque corintiano marcou gol Guilherme; Dinei, do Vitória, depois, igualou. O segundo empate consecutivo do Corinthians deixa a equipe no 11.º lugar do Campeonato Brasileiro, com 42 pontos. A zona de rebaixamento está apenas seis pontos abaixo.

Já o Vitória, que briga diretamente por uma vaga na Libertadores, caiu para o sétimo lugar, com 48 pontos. A equipe torce para que um dos times do G4 vença a Copa do Brasil, o que criaria o G5 do Brasileirão. No domingo que vem os baianos vão a Campinas jogar contra a Ponte Preta.

O jogo – Com Alexandre Pato no banco de reservas e Renato Augusto jogando mais adiantado, como atacante aberto pela ponta, o Corinthians iniciou buscando o contra-ataque enquanto os donos da casa trabalhavam mais a bola. Logo no primeiro minuto, Romarinho arriscou de longe e mandou à esquerda.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Encontrando a zaga alvinegra bem postada, o Vitória não entrava na área rival. O Corinthians, por sua vez, assustava quando chegava. Aos 14 minutos de jogo, Renato Augusto bateu e Wilson pegou. Paulo André tentou pelo alto, mas mandou para fora. Mas a melhor chance dos visitantes foi mesmo num lance todo ele protagonizado por jogadores do Vitória. Romarinho cruzou, Renato Cajá espanou e Marcelo salvou em cima da linha.

Enquanto isso, a equipe baiana só assustou Walter em chutes de longe. Em uma delas o goleiro até bateu roupa, mas não havia ninguém para aproveitar o rebote e ele pegou em dois tempos.

Os dois times voltaram sem alteração para a segunda etapa e o jogo parecia que continuaria absolutamente equilibrado, até que o Corinthians abriu o placar. Aos 7 minutos, Douglas cobrou escanteio, Romarinho teve espaço para cabecear, Wilson deu rebote, e Guilherme estava atento para fazer 1 a 0.

Precisando de um resultado positivo para se manter firma na briga pelo G4, Ney Franco logo mudou o Vitória, colocando em campo Euller e William Henrique nos lugares de Cajá e Marcelo.

Logo o Vitória chegou ao empate. Aos 15, Marquinhos tabelou com Juan, recebeu pela direita e cruzou certeiro para Dinei, livre no meio da área, bater de puxeta e fazer bonito gol. Tanto Marquinhos quanto Dinei têm passagem pelo Palmeiras, arquirrival alvinegro.

Os dois gols fizeram o jogo ficar mais movimentado. Alexandre Pato entrou no lugar de Romarinho e participou pouco do jogo. Mesmo assim, o atacante teve a melhor chance de mudar o placar. De cabeça, mandou na trave. Ele ainda teve a chance do rebote, mas Wilson defendeu.

Para sorte de Pato, o árbitro já havia anotado impedimento em outra chance perdido pelo atacante, que recebeu passe de Emerson com o gol aberto, bateu de voleio, e mandou por cima.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês