CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Copa Davis: Brasil fica de fora do grupo de elite e República Tcheca vai à final

O brasileiro Thomaz Belluci perdeu neste domingo para o alemão Daniel Brands por 3 sets a 0

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 03h32 - Publicado em 15 set 2013, 14h47

O brasileiro Thomaz Bellucci foi facilmente derrotado neste domingo por Daniel Brands por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/3, e selou a queda do time brasileiro no playoff do Grupo Mundial da Copa Davis. Melhor para os alemães, que, atuando em casa, em Neu-Ulm, fecharam a série melhor de cinco jogos em 3 a 1 e continuarão na elite do tênis no ano que vem.

O resultado fará com que o Brasil dispute o Grupo 1 do Zonal Americano em 2014. Se passar desta fase, enfrentará algum dos derrotados da primeira rodada do Grupo Mundial do ano que vem. O vencedor desta disputa se garante na elite do tênis em 2015.

Leia também:

Copa Davis: Brasil aposta na união para bater a Alemanha

A equipe brasileira havia voltado para o Grupo Mundial em 2013, depois de dez anos sem participar da elite do tênis, mas o retorno durou pouco. Logo na primeira rodada, o Brasil acabou derrotado pelos Estados Unidos por 3 a 2, o que o obrigou a disputar o playoff para permanecer entre os melhores países da modalidade.

A queda confirmada neste domingo mostra bem o atual cenário do tênis brasileiro. Sem nenhum tenista entre os 100 melhores do mundo, o país viu Thomaz Bellucci (116.º do ranking) e Rogério Dutra Silva (127.º) serem presas fáceis nas partidas de simples. Apenas Bruno Soares e Marcelo Melo, que estão entre os melhores duplistas do mundo, se salvaram e garantiram o único ponto brasileiro na partida de duplas.

Depois de ser atropelado por Florian Mayer em sua primeira partida, na última sexta-feira, por 3 sets a 0, Bellucci revelou estar jogando com dores no ombro, fruto de uma tendinite. E o problema parece ter atrapalhado o tenista neste domingo, já que em nenhum momento sequer conseguiu ameaçar Daniel Brands.

No primeiro set, Bellucci até tentou, chegou a ter quatro oportunidades de quebra, mas viu Daniel Brands confirmar o único break point que teve para fechar em 6/4. Daí para frente, o brasileiro voltou a mostrar a instabilidade que vem apresentando há algum tempo. Ele até lutou bastante no último game da partida, mas já era tarde e a vitória ficou mesmo com o alemão.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Outros resultados – Também neste domingo, a Grã-Bretanha se manteve na elite do tênis mundial graças a seu principal destaque, Andy Murray. O número três do mundo derrotou o croata Ivan Dodig por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/4, e fechou o duelo em 3 a 1 a favor dos britânicos.

A Austrália também garantiu presença no Grupo Mundial da Copa Davis com a vitória de Bernard Tomic sobre Lukasz Kubot. Tomic não teve maiores dificuldades para atropelar por 3 sets a 0, mesmo atuando na casa do adversário, com parciais de 6/4, 7/6 (7/5) e 6/3, fechando o confronto melhor de cinco jogos em 3 a 1.

Bem mais difícil foi a manutenção do Japão no Grupo Mundial. Os asiáticos entraram no domingo perdendo por 2 a 1 para a Colômbia, mas viram Kei Nishikori igualar o confronto com uma vitória tranquila por 3 a 0.

Sérvia – O sérvio Novak Djokovic, ao ver a equipe de seu país perder por 2 a 1 na série, entrou pressionado em quadra neste domingo para enfrentar Milos Raonic, mas não decepcionou a torcida e empatou o confronto ao derrotar o canadense pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-1), 6/2 e 6/2.

Com o resultado, o embate entre Sérvia e Canadá, que está sendo disputado em Belgrado (SER), fica empatado em 2 a 2. Assim, a partida entre Janko Tipsarevic, número 23 do mundo, e Vasek Pospisil, 41 na ATP, vai definir o finalista da Copa Davis.

Quem avançar do confronto entre Sérvia e Canadá vai medir forças, na decisão da Copa Davis, com a República Tcheca, que assegurou o triunfo no duelo contra a Argentina ainda no último sábado, ao abrir 3 a 0. Nos duelos de simples, Radek Stepanek e Tomas Berdych derrotaram Juan Monaco e Leonardo Mayer, respectivamente, e anotaram os dois primeiros pontos. No último sábado, Berdych e Stepanek venceram o jogo de duplas contra Carlos Berlocq e Horacio Zeballos por 3 a 0 e garantiram a classificação.

A República Tcheca é a atual campeã da Copa Davis. No ano passado, os tchecos também superaram os argentinos na semifinal e, na grande decisão, foi a vez de derrotarem a Espanha por 3 a 2.

(com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade