Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Copa 2018: Rússia espera mais torcedores de EUA, China e América Latina

Os americanos devem ser maioria na capita russa, apesar dos conflitos políticos

Por EFE Atualizado em 28 set 2021, 21h19 - Publicado em 23 abr 2018, 18h29

O governo russo divulgou nesta segunda-feira que a maior parte dos torcedores que visitarão a capital Moscou durante a Copa do Mundo serão dos Estados Unidos, da China, e de países da América Latina – apesar dos recentes conflitos políticos entre russos e americanos. “Em número de turistas e torcedores, liderarão EUA, China, México, Argentina e Uruguai, apesar de as seleções americana e chinesa não participarem do torneio”, disse o chefe do Departamento de Esportes e Turismo, Nikolai Guliaev.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

Segundo a Fifa, argentinos e mexicanos são, após os russos, os que mais compraram ingressos para o Mundial antes da última fase de vendas, na semana passada. Os turistas e torcedores do Brasil não foram citados pelo governo nem pela Fifa, apesar de a seleção brasileira ser uma das favoritas ao título.

Publicidade