CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Como Abel Braga foi de campeão a ‘aposentado’ em menos de um mês

Técnico de 69 anos não resistiu à má fase, pouco jogos depois do título estadual. Ao entregar o cargo, disse que só voltaria a trabalhar no exterior

Por Da redação Atualizado em 28 abr 2022, 19h20 - Publicado em 28 abr 2022, 18h46

A quarta passagem do técnico Abel Braga pelo Fluminense pode ser também a última dele à frente de uma equipe brasileira. Aos 69 anos, o técnico entregou o cargo nesta quinta-feira, 28, em meio a uma enxurrada de críticas.  O Tricolor das Laranjeiras teve início de temporada embalada, e chegou a 13 jogos de invencibilidade. No entanto, nem mesmo o título carioca aliviou o ambiente depois da eliminação precoce na pré-Libertadores. Ídolo do clube, Abel foi de campeão a “aposentado” em um mês.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca

Abel foi anunciado em dezembro do ano passado. Ficou pouco mais de quatro meses à frente da equipe com uma campanha de 70,5% de aproveitamento. Foram, ao todo, 26 jogos, 17 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. A despedida foi um empate sem gols com o Unión Santa Fe pela Sul-Americana, dias depois de uma derrota por 1 a 0 para o Internacional pelo Brasileiro, ambos no Maracanã. O técnico foi alvo de fortes vaias da torcida e decidiu desistir do trabalho.

A perspectiva do futuro de Abel no clube começou a pesar após a eliminação diante do Olímpia na terceira fase da Libertadores, no dia 16 de março. O tricolor vinha de 13 jogos de invencibilidade, na liderança do Campeonato Carioca e confiante com a vantagem do 3 a 1 no jogo de ida. A eliminação nos pênaltis, após derrota por 2 a 0, porém, custou um dos principais objetivos no ano.

Abel Braga tentou apaziguar ânimos no Aeroporto do Galeão -
Abel Braga tentou apaziguar ânimos no Aeroporto após eliminação Ronald Lincoln / ge.globo/Reprodução

Fortemente pressionado, Abel precisou virar a chave da equipe para as semifinais do estadual, com o Botafogo. Se classificou mesmo com uma atuação ruim na derrota no segundo jogo, por 2 a 1, devido a vantagem da melhor campanha. O título serviu de alento à insatisfação da torcida. A última vez que o clube tinha conquistado o Carioca havia sido há dez anos, justamente com Abel como treinador.

A final contra o Flamengo, porém, custou a lesão do volante Felipe Melo, até então, homem de confiança no esquema tático com três defensores proposto pelo técnico. Atualmente, o volante segue no Departamento Médico e Abel vinha testando o esquema com Nino, David Braz e Manoel.

Continua após a publicidade

Cano e Abel comemora o título Carioca
Cano e Abel comemora o título Carioca Leonardo Brasil/Fluminense F.C.

No mês de abril, já após a conquista do Carioca, foram seis jogos com desempenho abaixo do esperado. Pela Sul-Americana, estreia com vitória por 3 a 0 com Oriente Petrolero, derrota pelo mesmo placar diante do Junior de Barraquilla e empate sem gols com Unión de Santa Fé. No Brasileirão, um empate sem gols com Santos, vitória no último lance com o Cuiabá, com gol contra e derrota para o Internacional.

 

Após deixar o comando do Tricolor, o técnico de 69 anos disse que não pretende mais treinar um clube brasileiro. “Se não for fora do país, a minha carreira como treinador acabou. Eu não quero mais”, disse Abel Braga ao blog do PVC no ge.”Já tive convites para diretor técnico, diretor de transição. Algo como o Muricy está fazendo no São Paulo”, completou. 

Um dos técnicos mais vitoriosos do futebol nacional, ele tem como principais troféus o Brasileirão de 2012 e a Libertadores e o Mundial de Clubes de 2006 pelo Inter.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês