ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Cestinha, Tony Parker comanda França na vitória sobre Tunísia

A cada partida dos Jogos Olímpicos de Londres, o armador Tony Parker confirma a condição de principal jogador da seleção francesa masculina de basquete. Após ser o cestinha da equipe europeia diante de Argentina e Lituânia, o atleta do San Antonio Spurs anotou 22 pontos e foi peça fundamental para a vitória de seu país […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 21h13 - Publicado em 4 ago 2012, 08h53

A cada partida dos Jogos Olímpicos de Londres, o armador Tony Parker confirma a condição de principal jogador da seleção francesa masculina de basquete. Após ser o cestinha da equipe europeia diante de Argentina e Lituânia, o atleta do San Antonio Spurs anotou 22 pontos e foi peça fundamental para a vitória de seu país por 73 a 69 sobre a Tunísia, neste sábado, na Arena de Basquete.

Parker, que já somou 76 pontos nos quatro embates disputados na competição em território britânico, precisou de vinte e oito minutos em quadra para ser o principal pontuador do confronto. O ala Nicolas Batum, com 19 pontos e oito rebotes, foi outro que contribuiu de maneira decisiva para o triunfo do time comandado por Vincent Collet.

Entre os tunisianos, quem mais pontuou foi o ala-pivô Mohamed Hadidane, sendo responsável por 20 dos 69 pontos de sua equipe. Quem também se destacou foi Makram Ben Romdhane, que chegou perto de um double-double ao anotar 17 pontos e pegar oito rebotes, mas não foi capaz de evitar a derrota da seleção africana.

Com o resultado obtido neste sábado, a França alcançou sua terceira vitória consecutiva nos Jogos Olímpicos de Londres e assumiu a liderança do Grupo A, com sete pontos, deixando os Estados Unidos na segunda colocação, com seis pontos. Já a Tunísia continua sem triunfar no torneio na capital inglesa e ocupa a quinta posição da chave, com quatro pontos.

Nesta segunda-feira, às 10h30 (de Brasília), os franceses voltam à quadra da Arena de Basquete para enfrentar a Nigéria, em partida válida pela última rodada da fase classificatória. No mesmo dia, os tunisianos medem forças com a Lituânia.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade