CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Brasileiros afirmam que não fugirão de duelo contra os EUA nas semifinais

Londres, 4 ago (EFE).- Mesmo sabendo que uma vitória pode colocar os Estados Unidos no caminho da seleção brasileira na semifinal do torneio de basquete dos Jogos Olímpicos de Londres, os comandados de Rubén Magnano garantem que entrarão em quadra na próxima segunda-feira só pensando em bater a seleção da Espanha. O ala Marquinhos, cestinha […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 19h32 - Publicado em 4 ago 2012, 15h54

Londres, 4 ago (EFE).- Mesmo sabendo que uma vitória pode colocar os Estados Unidos no caminho da seleção brasileira na semifinal do torneio de basquete dos Jogos Olímpicos de Londres, os comandados de Rubén Magnano garantem que entrarão em quadra na próxima segunda-feira só pensando em bater a seleção da Espanha.

O ala Marquinhos, cestinha na vitória sobre a China, neste sábado, por 98 a 59, garantiu que o duelo contra os atuais vice-campeões olímpicos vale muito mais que a segunda posição no grupo B. ‘Entraremos para ganhar. Por ser última rodada, nos dará dimensão do que podemos pensar nas quartas e nas semifinais’, afirmou.

Por sua vez, o pivô Thiago Splitter lembrou que agora é hora de pensar nas quartas de final, já que a seleção brasileira confirmou classificação para a fase. Segundo o jogador, ‘seria estúpido pensar’ agora em uma semifinal contra os Estados Unidos.

Para o ala Marcelinho Machado, ‘nunca’ a equipe brasileira entra em quadra para perder. ‘Lutamos muito para vir aos Jogos Olímpicos. Agora vamos entrar para ganhar. Será um jogo muito bom e não pensamos em evitar o segundo lugar’, garantiu.

Brasil e Espanha duelam nesta segunda-feira, às 16h (horário de Brasília), pela última rodada do grupo B. EFE

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade