Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Brasil x Inglaterra no Rio dependerá de autorização da Fifa

Cabral anunciou jogo na sexta, mas Valcke avisa que só a entidade pode decidir

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 00h54 - Publicado em 26 nov 2012, 16h00

“Nesse período, o Maracanã estará sob nossa administração e não temos essa data reservada”, esclareceu Valcke

Na semana passada, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, aproveitou um evento ligado aos preparativos para os Jogos Olímpicos de 2016 para anunciar, por conta própria, que a seleção brasileira jogará pela primeira vez no Maracanã reformado em 2 de junho de 2013, contra a Inglaterra, em partida amistosa. “Os ingleses que se preparem”, afirmou Cabral, garantindo a realização da partida apesar de a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não confirmar oficialmente o compromisso. Nesta segunda-feira, também no Rio, ficou claro o motivo de a CBF ainda não colocar o jogo em sua agenda oficial. De acordo com o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o jogo só acontecerá se a entidade autorizar, já que o estádio estará perto de receber a Copa das Confederações, que acontece entre 15 e 30 de junho do ano que vem. O amistoso corre risco real de mudar de palco – ou até mesmo de ser cancelado. “Não somos contra a ideia, mas é preciso ver se o jogo não causará problemas”, avisou o dirigente francês ao participar de um seminário da Soccerex.

“Se houver tempo suficiente para o que precisamos fazer, pode acontecer. Mas ainda não autorizamos esse jogo.” A partida depende de uma autorização da Fifa porque, tanto na Copa do Mundo como na Copa das Confederações, todos os estádios são controlados pela entidade durante as competições. A entrega do Maracanã à Fifa para o ensaio geral do Mundial está marcada para 27 de maio de 2013. “Nesse período, o Maracanã estará sob nossa administração e não temos essa data reservada”, esclareceu Valcke. Entre 27 de maio e o primeiro jogo marcado para o Maracanã, em 16 de junho, a Fifa acertará os últimos detalhes do estádio, como colocação das placas de publicidade e montagem das salas VIP e camarotes. O jogo só acontece, portanto, se a Fifa avaliar que ele não será um obstáculo aos preparativos. O amistoso não seria a partida de reinauguração do Maracanã – a obra deve ser concluída em fevereiro e a arena deverá ser reaberta em abril, ainda sem data e evento definidos. Na reinauguração, o estádio, palco da final da Copa do Mundo de 2014, já não estará sob controle do governo, pois acredita-se que o processo de concessão à iniciativa privada já terá sido concluído até essa data.

Leia também:

Clubes são barrados na licitação para administrar Maracanã

Galeria de fotos: Composições em 360 graus do estádio antes da reforma

Novo Maracanã deverá ter vidro para separar torcidas rivais

Galeria de fotos: Momentos marcantes do estádio, palco da Copa de 1950

O novo Maracanã começa a ganhar forma para 2013 e 2014

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade