ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Brasil se despede de 2013 com vitória sobre o Chile

No último teste da temporada, seleção derrotou chilenos por 2 a 1 em Toronto. Em busca de uma vaga na lista de convocados, Robinho marcou o gol decisivo

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 01h27 - Publicado em 20 nov 2013, 00h10

Depois de vencer a Copa das Confederações e reconquistar a confiança do torcedor brasileiro em 2013, a seleção encerrou a temporada jogando bem e batendo mais um adversário de qualidade. No último jogo antes do ano da Copa, os comandados de Felipão derrotaram o Chile por 2 a 1 na noite desta terça-feira em Toronto, no Canadá. Os gols brasileiros foram marcados por Hulk e Robinho; Vargas descontou para o Chile. Garantidos na Copa, os chilenos vinham de dois bons resultados nos últimos amistosos: vitória sobre a Inglaterra e empate com a Espanha.

Leia também:

Em noite de ‘caça a Neymar’, seleção humilha Honduras

A virada da seleção – e o que você pode aprender com ela

Autor do gol da vitória brasileira, Robinho acabou sendo o personagem da partida. O atacante do Milan entrou no segundo tempo e confirmou a fama de carrasco do Chile, anotando seu nono gol em confrontos contra a equipe sul-americana. Decisivo na partida, o ex-santista ganha pontos com Felipão na disputa por uma vaga na lista dos 23 convocados para a Copa.

O jogo – Bem treinada pelo técnico Jorge Sampaoli, a seleção chilena fez uma partida equilibrada e garantiu um bom teste para a equipe de Felipão. O primeiro gol do jogo saiu aos 13 minutos. Após uma saída errada da defesa chilena, o meia Oscar achou Hulk livre dentro da área e o atacante chutou forte para balançar a rede.

A desvantagem não abalou os chilenos, que tocavam bem a bola e dificultavam a criação do Brasil. O empate do Chile acabou vindo no segundo tempo. Depois de um tiro de meta do goleiro Bravo, a bola sobrou para o gremista Eduardo Vargas. Esperto, o atacante chutou rápido, de fora da área, e acertou o canto de Júlio César, que nem se mexeu. O empate acordou o Brasil, que passou a jogar melhor e criar mais chances. O prêmio pela persistência veio aos 33 minutos: Maicon cruzou na medida para Robinho completar de cabeça.

Com o resultado, o Brasil fecha 2013 com um ótimo desempenho de 13 vitórias, quatro empates e duas derrotas. Foram 49 gols marcados e apenas quinze sofridos. A seleção agora só volta à campo em março, para o amistoso contra a África do Sul em Johanesburgo. A partida será o último teste do Brasil antes da convocação para o Mundial de 2014.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade