CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Brasil faz 3 a 2 na Sérvia e precisa de último jogo para selar vaga

A Seleção Brasileira de vôlei masculino perdeu a chance de se classificar antecipadamente às quartas de final dos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Neste sábado, a equipe nacional derrotou a Sérvia, de virada, por 3 sets a 2, com parciais de 22/25, 25/15, 20/25, 25/22 e 15/9, e precisa da última rodada para avançar no torneio. […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 17h30 - Publicado em 4 ago 2012, 21h08

A Seleção Brasileira de vôlei masculino perdeu a chance de se classificar antecipadamente às quartas de final dos Jogos Olímpicos de Londres-2012. Neste sábado, a equipe nacional derrotou a Sérvia, de virada, por 3 sets a 2, com parciais de 22/25, 25/15, 20/25, 25/22 e 15/9, e precisa da última rodada para avançar no torneio.

Se vencesse por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1, o Brasil somaria mais três pontos na tabela, o que lhe garantiria vaga nas quartas de final das Olimpíadas. Como triunfou pelo placar mínimo, ganhou apenas dois pontos e precisa confirmar sua classificação na próxima segunda-feira, quando enfrenta a Alemanha.

A Seleção ocupa a terceira colocação do Grupo B das Olimpíadas, com oito pontos conquistados em quatro partidas. Com cinco pontos conquistados, Sérvia e Alemanha dividem a quarta colocação. Os sérvios encerram sua participação na primeira fase contra a Rússia, que tem a mesma pontuação do Brasil. Os Estados Unidos lideram com dez pontos e pegam a Tunísia.

Nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, os quatro primeiros colocados de cada chave avançam às quartas de final. O campeão do Grupo A enfrenta o quarto colocado do B e vice-versa. As equipes que ficarem nas outras posições participam de sorteio para definição dos confrontos.

O jogo – O Brasil cometeu três erros no começo de partida, permitindo que a Sérvia chegasse com vantagem de três pontos à primeira parada técnica. O time europeu se manteve mais regular no set inicial, aproveitando os vacilos da Seleção e já tinha quatro pontos de vantagem no segundo tempo obrigatório. A parcial foi encerrada em um ataque que desviou no bloqueio de Dante e foi para fora.

Os comandados de Bernardinho jogaram de forma mais consistente no segundo set da partida, abrindo vantagem confortável já no começo e não tiveram dificuldades para empatar, vencendo a parcial por 25/15.

Apenas no terceiro set de partida o jogo teve o equilíbrio esperado para um duelo entre Brasil e Sérvia. As equipes se alternaram na liderança do marcador na primeira parte da parcial e a Seleção chegou a abrir três pontos de vantagem na segunda parada técnica. Mas o time enfrentou em uma sequência de erros, permitindo que os sérvios tomassem a ponta e fechassem o set com 25/20.

Precisando virar o marcador para não ver em risco suas chances de classificação às Olimpíadas, o Brasil iniciou a quarta parcial em ritmo acelerado, marcando 4 a 0 rapidamente. Rendendo melhor com Wallace no lugar de Leandro Vissotto, a Seleção ainda alternou bons e maus momentos, mas conseguiu vencer o set e levar o jogo para o tie-break.

Já no começo do set de desempate, o bloqueio do Brasil passou a funcionar, dando ao time vantagem no placar. Com o ataque também trabalhando bem, o time de Bernardinho teve relativamente pouco trabalho para vencer o tie-break e selar a virada.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade