ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Bola murcha: NFL investiga possível trapaça dos Patriots

Equipe de Tom Brady, marido de Gisele Bünchen, jogou com bolas mais leves do que o permitido na vitória que garantiu a classificação para o Super Bowl

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 22h49 - Publicado em 21 jan 2015, 11h26

A 49ª edição do Super Bowl, a decisão da liga de futebol americano, foi abalada por uma denúncia de trapaça. Uma investigação da NFL concluiu que 11 das 12 bolas usadas pelo New England Patriots na vitória sobre o Indianapolis Colts estavam murchas. O resultado garantiu a equipe do astro Tom Brady, marido de Gisele Bündchen, na final do campeonato. A liga confirmou a denúncia ao canal ESPN dos Estados Unidos. Segundo o inquérito, as bolas estavam cerca de duas libras mais leves do que deveriam, o que facilitaria lançamentos e recepções. O New England Patriots venceu a partida com extrema facilidade, por 45 a 7.

Leia também:

NFL: Patriots e Seahawks vencem e decidem o Super Bowl​

De acordo com a ESPN, a NFL está investigando os motivos para as bolas estarem murchas. Cada equipe usa seu próprio conjunto de bolas quando está no ataque, mas os árbitros devem averiguar a condição do material cerca de duas horas antes da partida. Existe a suspeita de que as bolas tenham sido esvaziadas depois da inspeção dos juízes.

Tom Brady, quarterback do New England Patriots, disputará seu sexto Super Bowl
Tom Brady, quarterback do New England Patriots, disputará seu sexto Super Bowl VEJA

As investigações devem durar por mais dois ou três dias e existe a possibilidade de os Patriots serem punidos. A equipe de New England, porém, diz estar cooperando com o inquérito. O técnico Bill Belichick se limitou a dizer que está à disposição da NFL para conversar sobre o ocorrido.

Tom Brady apenas riu das denúncias em declarações à rádio WEEI, de Boston. “Isso é ridículo. Acho que já ouvi de tudo até aqui. Esta é a menor das minhas preocupações, nem quero responder a este tipo de coisa”, desabafou o jogador. De acordo com o jornal Newsday, o Indianapolis Colts teria notado que as bolas estavam murchas após uma interceptação de D’Qwell Jackson. O atleta, então, teria avisado seu treinador, que repassou a denúncia à NFL.

Histórico – Esta não é a primeira vez que o New England Patriots se envolve em uma acusação de trapaça. Em 2007, a equipe e seu treinador Bill Belichick foram considerados culpados em um caso de espionagem contra o New York Jets. Belichick, que segue na equipe, teve que pagar 500.000 dólares de multa por ter gravado conversas do técnico do Jets com seus jogadores. O New England Patriots também teve foi multado em 250.000 dólares e perdeu uma escolha da primeira rodada do draft (processo de seleção de atletas estreantes) no ano seguinte.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade