CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Blatter anuncia que irá recorrer contra suspensão de 8 anos

O cartola de 78 anos ainda desabafou durante entrevista coletiva: “Lamento por ter sido um saco de pancadas na Fifa”

Por Da Redação Atualizado em 29 set 2021, 14h43 - Publicado em 21 dez 2015, 09h01

Suspenso por oito anos de qualquer cargo relacionado ao futebol, em decisão do Comitê de Ética da Fifa nesta segunda-feira, Joseph Blatter anunciou em uma entrevista coletiva que irá recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS) e à justiça suíça contra a punição. “Nós iremos imediatamente, mais uma vez, para o comitê de apelação da Fifa, vamos para a Corte Arbitral do Esporte e também para a Corte Suíça”, anunciou o dirigente, que precisará arcar com uma multa de 195 mil reais. Já Platini, além de ter sua candidatura à presidência da Fifa, em janeiro, praticamente anulada, terá que pagar uma multa de 313 mil reais.

“Estou envergonhado de como isso tudo ocorreu. O Comitê de Ética não levou em conta as evidências”, disse Blatter, referindo-se ao pagamento ao também sancionado presidente da Uefa, Michel Platini, no valor de 1,8 milhão de euros, em 2011. De acordo com as argumentações de Blatter na coletiva, o valor pago ao francês correspondia a uma dívida que a organização tinha com ele.

O suíço de 78 anos questionou a competência do Comitê de Ética por afastá-lo do cargo e afirmou que segue “sendo presidente, mesmo suspenso”, porque uma separação definitiva de suas funções “é uma atribuição que só o Congresso da Fifa tem”, defendeu.

Mas a decisão que o tira da Fifa, onde era presidente desde 1998, também levou a um desabafo sobre todo o terrível ano que a entidade teve, definitivamente o pior de sua história. Em 27 de maio, foi deflagrado pelo FBI o enorme e sistemático esquema de corrupção que prendeu diversos dirigentes, incluindo o ex-presidente da CBF, José Maria Marin. Desde então, Blatter e Platini foram suspensos provisoriamente pela Fifa e outros dirigentes ligados à organização máxima do futebol também renunciaram seus cargos e foram presos.

“Queria dizer que lamento muito. Eu lamento por ter sido um saco de pancadas. Eu lamento pelo futebol, pela Fifa, pelos mais de 400 membros desta entidade. Mas eu também lamento por mim, pelo modo que fui tratado”, acrescentou Blatter.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Leia também:

Candidato à presidência da Fifa planeja Copa com 40 seleções

Platini admite pagamento sem contrato e diz ser ‘à prova de balas’

Banido, sul-coreano acusa Blatter de golpe e compara Fifa ao Titanic

(Com Efe e Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês