ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Atleta marroquino é excluído dos Jogos de Londres por doping

Londres, 4 ago (EFE).- O atleta marroquino Amine Laalou foi excluído dos Jogos Olímpicos de Londres por doping, detectado em um exame prévio ao início das competições, confirmou neste sábado o diretor de comunicação do Comitê Olímpico Internacional (COI), Mark Adams. Laalou, de 30 anos, estava inscrito para competir nos 1.500m, cujas primeiras séries foram […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 20h51 - Publicado em 4 ago 2012, 10h34

Londres, 4 ago (EFE).- O atleta marroquino Amine Laalou foi excluído dos Jogos Olímpicos de Londres por doping, detectado em um exame prévio ao início das competições, confirmou neste sábado o diretor de comunicação do Comitê Olímpico Internacional (COI), Mark Adams.

Laalou, de 30 anos, estava inscrito para competir nos 1.500m, cujas primeiras séries foram disputadas ontem, e testou positivo para furosemida em um teste efetuado em Mônaco no dia 20 de julho.

‘Foi em um dos controles prévios aos Jogos e demonstra que o sistema funciona. Não sou especialista em doping, mas acho que se pode afirmar que pelo número de positivos detectados até o momento, sua incidência é muito baixa’, comentou Adams.

O doping de Laalou se une aos anunciados hoje também pelo COI do atleta colombiano Diego Palomeque, que iria competir nesta manhã nas séries de 400m, e da ciclista russa Victoria Baranova.

Além disso, a remadora brasileira Kissya Cataldo foi suspensa preventivamente pela Confederação Brasileira de Remo por ter apresentado resultado analítico adverso em um exame realizado no Brasil no dia 12 de julho pela Federação Internacional de Remo.

Com isso, a atleta ficou de fora da disputa, realizada neste sábado, da final C da prova do single-skiff nos Jogos Olímpicos de Londres. Este foi o primeiro caso de doping do país nesta edição das Olimpíadas. EFE

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade