CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Após renovar até 2015, Edu Dracena lamenta grave lesão

Por Sanches Filho Santos – Um dia depois de se machucar no jogo contra o Botafogo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, Edu Dracena soube nesta quinta-feira que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e terá de ser operado. Por causa da grave lesão, o capitão do Santos ficará seis meses afastado dos […]

Por Da Redação Atualizado em 17 out 2021, 13h22 - Publicado em 19 jul 2012, 15h28

Por Sanches Filho

Santos – Um dia depois de se machucar no jogo contra o Botafogo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, Edu Dracena soube nesta quinta-feira que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e terá de ser operado. Por causa da grave lesão, o capitão do Santos ficará seis meses afastado dos gramados e só poderá voltar a defender o clube no ano que vem. Ironia do destino, o zagueiro recebeu a má notícia no mesmo dia em que renovou o seu contrato com o clube até o final de 2015.

O jogador lamentou o fato de ter se machucado justamente enquanto atravessava um dos seus melhores momentos com a camisa do Santos, na sua opinião, e agora espera poder abreviar ao máximo o seu período de recuperação após passar pela cirurgia no joelho.

“O pensamento é esse, infelizmente ninguém gosta ou espera que aconteça uma lesão. Eu estava vivendo um momento importante, muito bom no clube e o time também precisando do meu apoio. Mas o mais importante é que já estou pensando na recuperação, na fisioterapia, para voltar o mais rápido possível e ajudar o Santos”, disse Edu Dracena, lembrando que o Santos hoje vive um período turbulento, no qual realiza campanha ruim no Brasileirão depois de ter sido eliminado pelo Corinthians na semifinal da Copa Libertadores.

Edu Dracena não poderá mais defender o Santos neste Brasileirão, mas encarou com naturalidade o fato de ter se machucado, lembrando que todos os atletas estão sujeitos a sofrer lesões mais graves. “Infelizmente, é da nossa profissão, isso acontece. Não tem o que ficar lamentando e sim ter força, ter fé em Deus e focar só mesmo na recuperação”, completou.

Edu Dracena ainda festejou o fato de a diretoria do Santos seguir apostando em seu futebol a longo prazo, apesar de ele já estar com 31 anos e ter se machucado na véspera da assinatura do seu contrato com o clube. “Quero agradecer a confiança da diretoria, de todos aqui do Santos, da torcida, pelo meu trabalho. Podem ter certeza que farei de tudo para voltar o mais rápido e estar dentro de campo ajudando o time. E já que nesse tempo não estarei jogando, estarei fora ajudando, conversando com o pessoal”, avisou.

No final das contas, Edu Dracena teve a sua trajetória no clube valorizada depois de ter sido tricampeão paulista, conquistar o título da Copa do Brasil de 2010 e o da Copa Libertadores de 2011. Ele disputou 31 jogos pelo time neste ano, sendo que acumula 151 partidas e 14 gols ao total pelo clube.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês