CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Após mais uma derrota, Caio pede ‘vergonha na cara’ ao Figueirense

A derrota por 2 a 0 para a Portuguesa que significou o sexto revés consecutivo do Figueirense no Campeonato Brasileiro acendeu um alerta na equipe. Para reverter a situação, o atacante Caio, artilheiro da equipe com quatro gols, pediu vergonha na cara. ‘O Figueirense tem muitos sócios, o torcedor paga ingresso para nos apoiar e […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 17h03 - Publicado em 4 ago 2012, 23h23

A derrota por 2 a 0 para a Portuguesa que significou o sexto revés consecutivo do Figueirense no Campeonato Brasileiro acendeu um alerta na equipe. Para reverter a situação, o atacante Caio, artilheiro da equipe com quatro gols, pediu vergonha na cara.

‘O Figueirense tem muitos sócios, o torcedor paga ingresso para nos apoiar e a gente não consegue corresponder dentro de campo. A cobrança é normal, a gente tem que ter vergonha na cara e correr atrás para mudar a situação’, declarou o jogador de 21 anos.

Apesar do comentário, o atleta afirmou que o time não está deixando de se esforçar. ‘Eu estou correndo bastante, estou tentando ajudar o Figueirense e meus companheiros estão fazendo a mesma coisa, mas está faltando um pouco de tranquilidade para tentar reverter a situação’, ponderou.

O Figueira soma apenas oito pontos na última posição do Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense tenta a reabilitação na competição na quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), contra o Flamengo.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade