ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Após derrota, Atlético-PR demite o técnico Jorginho

Por AE Curitiba – O técnico Jorginho não resistiu à derrota deste sábado para o São Caetano, por 1 a 0, em casa, e foi demitido pela diretoria do Atlético-PR. A decisão foi comunicada pelo vice-presidente de futebol, João Alfredo Costa Filho, logo após a partida. A trajetória do treinador no clube durou pouco mais […]

Por Da Redação Atualizado em 8 out 2021, 18h06 - Publicado em 4 ago 2012, 19h18

Por AE

Curitiba – O técnico Jorginho não resistiu à derrota deste sábado para o São Caetano, por 1 a 0, em casa, e foi demitido pela diretoria do Atlético-PR. A decisão foi comunicada pelo vice-presidente de futebol, João Alfredo Costa Filho, logo após a partida. A trajetória do treinador no clube durou pouco mais de um mês.

“Nesse momento difícil, a diretoria tomou uma decisão e o Jorginho não é mais técnico do Atlético-PR. Então, estamos vendo quem vai treinar o clube na partida em Natal. Eu peço a compreensão de todos. Nós devemos anunciar o próximo técnico tão breve termine as negociações”, disse o dirigente.

O próprio Jorginho não demonstrou surpresa com a demissão. Pelo contrário, elogiou a diretoria do clube. “A diretoria fez tudo o que pode. Agradeço o carinho que todos tiveram comigo, o presidente, os funcionários e principalmente o torcedor. Peço quetenham paciência com a direção e com os jogadores”, apontou.

O treinador ficou apenas oito partidas no comando do Atlético-PR, nas quais obteve três vitórias, um empate e quatro derrotas. A má fase fez com que a equipe caísse para a 11.ª colocação, com 20 pontos, decepcionando a torcida, que esperava ver o retorno à Série A no ano seguinte à queda.

O retrato do momento atleticano é o número de técnicos que a equipe teve na competição. Depois de Juan Ramon Carrasco e Ricardo Drubscky, Jorginho era o terceiro a passar pelo banco do time durante a Série B, em apenas 15 rodadas: média de uma demissão a cada cinco partidas.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade