CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Após amistosos, ranking da Fifa muda pouco; Brasil é o 9º

Uruguai passou a Suíça e Bélgica voltou ao ‘top 10’. Inglaterra subiu 3 posições

Por Da Redação Atualizado em 6 out 2021, 21h42 - Publicado em 13 mar 2014, 08h18

Ranking da Fifa

1. Espanha, 1.510 pontos

2. Alemanha, 1.336

3. Argentina, 1.234

4. Portugal, 1.199

5. Colômbia, 1.183

6. Uruguai, 1.126

7. Suíça, 1.123

8. Itália, 1.112

9. Brasil, 1.104

10. Bélgica, 1.084

11. Holanda, 1.077

12. Inglaterra, 1.045

13. Grécia, 1.038

14. Estados Unidos, 1.017

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

15. Chile, 998

16. Croácia, 955

17. França, 929

18. Ucrânia, 911

18. Rússia, 889

20. México, 888

Apesar da realização de uma rodada com dezenas de amistosos na semana passada, o ranking da Fifa teve poucas alterações em sua edição de março, divulgada na manhã desta quinta-feira. Os líderes não mudaram: Espanha, Alemanha, Argentina, Portugal e Colômbia, pela ordem, ocupam as cinco primeiras posições. O Uruguai subiu para sexto, ultrapassando a Suíça, enquanto a Bélgica retornou ao “top 10”, rebaixando a vizinha Holanda. Entre as seleções que estarão na Copa do Mundo, Inglaterra e Rússia foram as que mais subiram – subiram três posições. O Brasil, que derrotou a África do Sul em seu último amistoso antes da convocação para o Mundial, permaneceu na nona colocação, logo à frente da Bélgica e atrás da Itália. A Bósnia-Herzegovina, única estreante da Copa de 2014, perdeu um amistoso para o Egito e despencou quatro posições.

Leia também:

Seleção fecha montagem do time com confiança e alegria

Espanha supera Itália e Portugal tem recorde de Cristiano

França e Inglaterra vencem e ganham embalo para a Copa

Alemanha ‘flamenguista’ joga mal, mas bate o Chile: 1 a 0

Com Messi apagado e ajuda do juiz, Argentina só empata

Camarões, que está no grupo do Brasil, também caiu quatro posições e ficou em 50º lugar, empatado com a Eslováquia. A próxima atualização do ranking da Fifa está prevista para 10 de abril, provavelmente sem nenhuma alteração significativa, já que as principais seleções do mundo não entrarão em campo até lá. As equipes favoritas à conquista da Copa do Mundo só voltam a jogar entre o fim de maio e o início de junho, quando realizam seus últimos amistosos de preparação para o torneio. De acordo com as atuais posições no ranking, os grupos mais fortes da Copa são o G (que reúne Alemanha, Portugal e EUA, todos entre os 15 melhores), o B (com a líder espanha mais Holanda e Chile) e o D (com Uruguai, Itália e Inglaterra). Na chave do Brasil, além da decadente seleção de Camarões, estão a Croácia, 16ª colocada, e o México, em 20º lugar.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade