CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

América-MG encara Guarani para manter campanha 100% em casa

Sem muito tempo para comemorar a vitória nos minutos finais do jogo contra o Guaratinguetá, o América-MG já foca o duelo desta sexta-feira, contra o Guarani, às 21h, no estádio Independência. Terceiro colocado na Série B do Brasileiro, o Coelho segue perseguindo Criciúma e Vitória, líder e vice-líder da competição nacional. Os paulistas figuram na […]

Por Da Redação Atualizado em 17 out 2021, 10h16 - Publicado em 19 jul 2012, 20h03

Sem muito tempo para comemorar a vitória nos minutos finais do jogo contra o Guaratinguetá, o América-MG já foca o duelo desta sexta-feira, contra o Guarani, às 21h, no estádio Independência. Terceiro colocado na Série B do Brasileiro, o Coelho segue perseguindo Criciúma e Vitória, líder e vice-líder da competição nacional. Os paulistas figuram na metade de baixo da tabela e uma vitória pode colocá-los até duas posições acima.

Apesar de ter enfrentado dificuldades na rodada passada, os jogadores do América-MG apostam que o fator casa poderá fazer a diferença em favor do Coelho mais uma vez nesta sexta-feira. O time mineiro tem 100% de aproveitamento atuando no Independência e quer continuar dessa forma para chegar à liderança do Brasileiro.

O atacante Adeílson, que tem entrado sempre no segundo tempo dos jogos e marcado gols decisivos para o Coelho, afirma que é importante acreditar até o último minuto, e que só dessa maneira, com muita entrega e determinação dentro de campo é que o time vai continuar vencendo. O atleta pede o apoio da torcida durante os 90 minutos e quer que as vaias caso ocorram sejam somente no final do jogo.

‘Sempre falamos que o torcedor é o nosso 12jogador, e é verdade. O importante é acreditar. O gol contra o Guaratinguetá saiu aos 44 minutos, então, as vaias acabam atrapalhando um pouquinho. O torcedor tem todo o direito de vaiar e respeito isso. Mas que deixem as vaias para o fim do jogo, se for o caso’, declarou.

O técnico Givanildo Oliveira não tem problemas de suspensão por excesso de cartões, mas o desgaste de alguns jogadores preocupa o comandante americano. O armador Gilberto e o volante Dudu reclamam de dores na coxa, mas estão relacionados para enfrentar o Guarani. A tendência é que eles entrem em campo, mas dificilmente vão suportar os 90 minutos.

Do lado do Guarani, a ordem é esquecer a derrota em casa para o Goiás e iniciar uma reação na Série B. O técnico Vadão elogiou o desempenho dos comandados contra os goianos, mas sabe da importância de uma vitória contra um dos líderes da competição.

Quem também ressaltou a necessidade de um triunfo na Arena Independência foi o goleiro Emerson. ‘Não adianta mais chorar pelo leite derramado. Agora temos de conquistar o resultado positivo fora de casa diante América Mineiro, que faz grande campanha na competição e possui ótimos atletas em seu elenco’, afirmou o camisa 1 bugrino.

Emerson comentou a situação da equipe na temporada, sempre tratada com incertezas. ‘Já estamos acostumados com a desconfiança que paira sobre nós. O maior exemplo aconteceu durante a disputa do Campeonato Paulista, quando conquistamos o vice-campeonato. Isso sem contar na cobiça que houve sobre os jogadores para deixar o clube. As coisas estão se acertando e vamos chegar longe novamente’, finalizou o goleiro.

Para o duelo desta sexta-feira, Vadão terá a volta do zagueiro e capitão André Leone, que cumpriu suspensão na última rodada. O defensor, inclusive, comandou uma reunião entre os jogadores no treino da última quinta-feira e preferiu não revelar o teor da conversa. Se o capitão retorna, no departamento médico ainda permanecem o atacante Clebinho e os recém-contratados Fernando e Robinho.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG X GUARANI

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 20 de julho de 2012 (sexta-feira)

Horário: 21h (horário de Brasília) Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Elan Vieira de Souza (PE)

AMÉRICA-MG: Neneca; Boiadeiro, Gabriel, Everton e Bryan; Dudu, Leandro Ferreira, Rodriguinho e Gilberto; Fábio Júnior e Alessandro

Técnico: Givanildo Oliveira

GUARANI: Emerson; Chiquinho, André Leone, Neto e Bruno Recife; Ademir Sopa, Fábio Bahia, Danilo Sacramento e Kleiton Domingues; Thiaguinho e Schwenck

Técnico: Vadão

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês