ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Alison e Alvaro são eliminados e Brasil fica sem medalha no vôlei de praia

Os últimos representantes do país na modalidade perderam para a dupla da Letônia por dois sets a zero nas quartas de final

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 18h09 - Publicado em 3 ago 2021, 23h07

Alison e Alvaro Filho, os últimos brasileiros ainda na disputa do vôlei de praia dos Jogos Olímpicos de Tóquio, perderam na noite desta terça-feira, 3, para o time da Letônia formado por Plavins e Tocs por dois sets a zero. Os letões venceram com parciais de 21/16 e 21/19.

A equipe brasileira não se encontrou na partida e cometeu muitos erros. Foram 13 ao todo contra apenas 3 da dupla da Letônia. Alison e Álvaro tomaram uma virada no meio do primeiro set e até esboçaram uma reação no segundo, mas não conseguiram buscar o placar.

“Não estava conseguindo me concentrar para a bola. Errei muitos ataques hoje. Foi um jogo de detalhes. Eles não erraram nenhum saque e o sistema defensivo não funcionou hoje. Até times experientes como o nosso acabam sendo surpreendidos. Hoje não foi um bom dia”, explicou Alison em entrevista ao SporTV após a partida.

Alison continuou com uma crítica. “A verdade é a seguinte: o mundo está investindo no vôlei de praia nós estamos parados. Isso não é um desabafo. Tem que melhorar, tem que investir mais. Os atletas têm que melhorar e a Confederação tem que olhar com bons olhos. Se esperar, vai ficar para trás”.

O Brasil encerrou a sua participação sem nenhuma medalha no vôlei de praia pela primeira vez na história. Desde a estreia da modalidade em Atlanta-1996, ao menos uma dupla brasileira no masculino ou no feminino havia conseguido subir ao pódio.

Bruno Schmidt e Evandro, no masculino, e Agatha e Duda e Ana Patrícia e Rebecca foram as outras duplas do país no torneio de Tóquio. O Brasil conquistou três ouros, sete pratas e três bronzes nas outras seis edições dos Jogos Olímpicos.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade