CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Mão? Áudio do VAR cita ‘posição natural’ em gol de Arrascaeta

Vitória do Flamengo sobre o Corinthians pela Libertadores teve reclamação por toque no braço de João Gomes na jogada do primeiro gol rubro-negro

Por Da redação 3 ago 2022, 09h17

A vitória do Flamengo sobre o Corinthians por 2 a 0, na última terça-feira, 2, pela ida das quartas de final da Libertadores, não ficou ilesa de discussões sobre a arbitragem. O debate aconteceu no primeiro gol rubro-negro, porque a bola bateu na mão de João Gomes antes de Arrascaeta marcar. O VAR, no entanto, analisou a jogada e concluiu que a posição do braço do atleta era natural e, segundo a regra, o lance não deveria ser anulado.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Em checagem após o gol, o árbitro de campo, Patrício Loustau, interpretou que João Gomes não praticou nenhum movimento que configurasse falta. O árbitro de vídeo, Germán Delfino, concordou e o gol foi validado.

Veja a conversa que validou o gol:

Árbitro: Está em posição natural e vem de um companheiro. Não vi mão para marcar.

Continua após a publicidade

VAR: Sim, para mim a mão está em posição natural. Faz um movimento natural do corpo. É uma posição natural, o corpo está em um movimento natural. E não há iminência, porque quem faz o gol é o outro.

Patrício confirmou o gol em pouco tempo de análise, sem a necessidade de ir à cabine do VAR. O lance foi muito debatido nas redes sociais e dentro de campo. O goleiro Cássio, na saída do campo, disse: “A bola bateu na mão no primeiro gol do Flamengo. Não sei o que a regra diz, mas bateu na mão”.

A orientação válida atualmente, determinada em março de 2021 pela International Board, diz que, caso o jogador não seja o autor do gol, será punido por ampliar espaço se o movimento não for natural. Desse modo, nem toda bola na mão, em ataque, é considerada falta.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês