CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Bola parada salva Palmeiras e amplia peso nos gols alviverdes

Time de Abel Ferreira foi buscar empate contra o Atlético, no Mineirão, em lances de falta e escanteio; confira o raio-x dos gols palmeirenses na temporada

Por Guilherme Azevedo 4 ago 2022, 14h26

O Palmeiras foi buscar o empate por 2 a 2 contra o Atlético Mineiro, na última quarta-feira, 3, após estar perdendo por 2 a 0, em pleno Mineirão, pela primeira partida das quartas de final da Libertadores. Os gols marcados por Murilo e Danilo, responsáveis por deixar o alviverde em melhor condição para o jogo de volta, têm algo em comum: foram originados de bolas paradas.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O time de Abel Ferreira, líder do Campeonato Brasileiro e atual bicampeão da Libertadores, é quem mais se utilizou da “arma” de faltas, escanteios e pênaltis na temporada. De acordo com levantamento do SofaScore, o Palmeiras marcou com origem em bola parada 42 vezes neste ano, o que representa 39% dos 107 gols. Entre os times da Série A, a equipe lidera absoluta no quesito: o Ceará e o São Paulo, aparecem em seguida, têm apenas 26 e 24 gols marcados dessa forma, respectivamente.

Contra o Galo, o gol que recolocou o time paulista surgiu após uma cobrança de falta de Gustavo Scarpa que acertou a trave e sobrou para Murilo completar. Já o de empate, nos acréscimos, aconteceu de um escanteio na segunda trave para Dudu cabecear para o centro da área e Danilo desviar.

Continua após a publicidade

Não é exclusividade dos gols desta quarta-feira o caráter decisivo da bola parada. Entre todos os 42 gols do Palmeiras com essa origem neste ano, 26 foram para empatar, virar ou abrir o placar. Além disso, em três vezes os gols de escanteio, falta ou pênalti diminuíram uma vantagem do adversário.

Dos 42 gols de bola parada no ano, 16 foram de pênalti, outro dado relevante. Assim, Raphael Veiga, cobrador da equipe, se beneficiou para ampliar a artilharia na temporada: só ele converteu nove cobranças.

Gustavo Scarpa comemora gol do Palmeiras diante do América
Gustavo Scarpa comemora gol do Palmeiras diante do América – Cesar Greco/S.E. Palmeiras

Gustavo Scarpa, homem das bolas paradas do Palmeiras, aliou a boa temporada à facilidade do time em converter cruzamentos pelo alto. O meia de 28 anos anotou nove assistências na temporada, cinco provenientes de bolas paradas. Além dos passes, marcou nove gols, quatro deles em pênaltis.

Uma das figuras de liderança do grupo e titular absoluto, Gustavo Gómez faz o ano mais goleador de sua carreira, muito em razão da eficiência em jogadas de cruzamento. Autor de oito gols, o zagueiro anotou seis em bolas paradas.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês