CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Pogba tem lesão no joelho e corre risco de ficar fora da Copa

Volante francês se machucou na primeira semana de treinamentos da Juventus e foi até Lyon para decidir tratamento sem comprometer participação no mundial

Por Da redação Atualizado em 2 ago 2022, 12h12 - Publicado em 2 ago 2022, 12h07

O volante francês Paul Pogba pode se juntar a nomes como Mohamed Salah, Erling Haaland e Zlatan Ibrahimovic como ausências de peso na Copa do Mundo do Catar. O jogador de 29 anos está em Lyon, na França, para exames especializados que decidirão o caminho a seguir após sofrer uma lesão no menisco lateral, durante a primeira semana de treinamentos no retorno à Juventus. A informação foi divulgada pelo site italiano Sky Sport.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

De acordo com a publicação, três hipóteses são estudadas: duas delas envolvendo cirurgias e um tratamento de modo conservador, sem necessidade de cirurgia, mas que não tem eficácia comprovada para o caso do meio-campista.

O tratamento não cirúrgico seria conduzido entre sessões de fisioterapia e de descanso. Na Copa de 2018, o zagueiro Samuel Umtiti optou por não operar para jogar a competição disputada na Rússia.

A estratégia deu certo, com a França campeã, mas acabou trazendo prejuízos para a sequência do defensor. Desde então, Umtiti passou longo período ausente dos gramados e perdeu espaço no Barcelona.

Continua após a publicidade

A primeira possibilidade cirúrgica, considerada arriscada, é a de um processo chamado de meniscectomia seletiva, que consiste na remoção do menisco lesionado.

Pogba
Volante foi peça-chave para a conquista na Rússia, em 2018 – Tori Hanai/Reuters

É uma intervenção considerada simples de ser realizada e tem tempo estimado de recuperação entre um e dois meses, mas tem como contraindicação prejuízos a longo prazo, podendo abreviar uma carreira mais longeva nos gramados.

A segunda hipótese é a meniscopexia, que não envolve a remoção do menisco lesionado, mas sim uma costura da área de lesão do menisco. O problema é o tratamento mais longo: de três a quatro meses, o que comprometeria a sua participação no Catar.

A Copa do Catar será disputada entre 21 de novembro e 18 de dezembro. A França, atual campeã, está no grupo D ao lado de Autrália, Dinamarca e Tunísia. A estreia será em 22 de novembro, às 16h (de Brasília), diante dos australianos.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês