CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

PLACAR de julho destaca o bom dilema de Tite a poucos meses da Copa

Além da boa fase de Antony, Raphinha, Rodrygo e Vini Jr, revista tem entrevista com Klopp, debate sobre Veiga e Gabigol e o novo pior time do mundo

Por Da redação Atualizado em 6 jul 2022, 12h49 - Publicado em 6 jul 2022, 06h00
Capa da edição de julho da Revista Placar -
Capa da edição de julho da Revista Placar – //Divulgação

Põe eles, Tite! É com esse apelo que PLACAR abre a matéria de capa de sua edição de julho, já disponível em dispositivos iOS e Android, e, a partir desta quarta-feira, 5, nas bancas de todo o país. A reportagem narra como a ascensão dos jovens Antony, Raphinha, Rodrygo e Vinicius Junior deu novo fôlego à seleção brasileira e ao técnico Tite, até então desgostoso com o marasmo criativo da equipe, na luta pelo hexacampeonato da Copa do Mundo do Catar, que começa em novembro.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

PLACAR traz bastidores das decisões tomadas pela comissão técnica e das dúvidas que ainda pairam sobre a cabeça de Tite, a pouco mais de quatro meses do Mundial. Entrevistas com o pentacampeão Luiz Felipe Scolari, o ex-lateral e hoje técnico Jorginho e André Jardine, o treinador que lapidou boa parte da geração de jovens na seleção olímpica, entre outros, ajudam a iluminar o debate sobre apostar ou não na juventude.

Idade é documento: PLACAR
Idade é documento: PLACAR Reprodução/

Em mais uma edição quente, PLACAR traz outras reportagens especiais em julho. Um delas, intitulada “Idade é documento”, se propõe a explicar por que destaques do futebol nacional como Raphael Veiga, do Palmeiras, e Gabigol, do Flamengo, não despertam interesses de clubes da Europa. O futebol feminino também ganha espaço, com uma matéria sobre o atual momento do Brasileirão que está em franco crescimento, mas ainda bem longe do cenário ideal.

Relembrando os tempos da década de 1980, quando “descobriu” o Íbis Sport Club, PLACAR apresenta agora o novo pior time do mundo, o Atlético Mogi, da quarta divisão paulista. PLACAR estava lá no dia em que o recorde foi batido e trouxe detalhes saborosos do drama enfrentado pela equipe de Mogi das Cruzes (SP).

Reportagem sobre o Atlético Mogi, o pior time do mundo em 2022
Reportagem sobre o Atlético Mogi, o pior time do mundo em 2022 Reprodução/
Continua após a publicidade

O rico cardápio do mês traz ainda dois perfis: um do artilheiro botafoguense, “El Toro” Erison, e outro do técnico Jürgen Klopp, do Liverpool, escrito pelo jornalista holandês radicado em Londres, Arthur Renard, que recentemente entrevistou o treinador alemão. Confira, abaixo, a carta ao leitor da edição e garanta já a sua PLACAR.

Entrevista com Klopp
Entrevista com Klopp PLACAR/Reprodução

Entre Vinicius Jr e Klopp

A redação de PLACAR começou o mês com um bom dilema: o que colocar como chamada principal desta edição de julho. Havia dois caminhos, e ambos dependiam do resultado da final da Champions League, entre Real Madrid e Liverpool, em 28 de maio. Quem ganhasse levava a capa. Os espanhóis venceram por 1 a 0. E, então, Vinicius Jr., autor do gol em Paris — um dos quatro jovens mosqueteiros a serviço de Tite, ao lado de Raphinha, Antony e Rodrygo —, saiu na frente.

A outra excelente escolha, caso o título ficasse na terra dos Beatles, era o perfil exclusivo do treinador alemão Jürgen Klopp. Nada mau, não? Duas belas histórias disputando espaço em PLACAR. A reportagem de capa — um apelo para que Tite ponha em campo a rapaziada jovem, se não todos ao mesmo tempo, mas que ao menos os tenha em consideração seriamente — é resultado do trabalho minucioso do repórter Klaus Richmond e do editor Luiz Felipe Castro.

O perfil de Klopp é do jornalista holandês radicado em Londres, Arthur Renard. Foi ele quem procurou PLACAR, há algum tempo, com um e-mail promissor. “Tenho conversado com o Jürgen Klopp, que acaba de chegar à final da Champions com o Liverpool. Imaginei que PLACAR pudesse se interessar.” Claro que sim. As duas reportagens compõem um rico cardápio.

Delicie-se, também, com o retrato do Brasileirão de futebol feminino, que vai bem, obrigado, mas pede firme atenção, como mostram as repórteres Maria Fernanda Lemos e Mariáh Magalhães. Aproveite  as inteligentes observações da reportagem “Idade é documento”, de Guilherme Azevedo e Leandro Miranda, que responde a uma dúvida: por que alguns grandes jogadores, já com pouco mais de 25 anos, cracaços de bola como Raphael Veiga, não foram para a Europa?
***
Em clima de Copa, agora que todas as 32 seleções estão definidas, PLACAR oferece a tabela completa dos jogos no Catar, com horários de Brasília, para guardar. É apenas o primeiríssimo passo da revista, de olho no Mundial. Muito mais virá pela frente, na edição impressa, no site e nas redes sociais. Ano de Copa é sempre divertido para quem lida de modo apaixonado com futebol. Venha conosco!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês