CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Entorta-Varal As novidades e curiosidades sobre o mercado de uniformes de futebol. Afinal, camisa pesa

Fiorentina adere à onda de reformulação de escudos

Clube italiano repetiu a estratégia "minimalista" de Juventus, Inter de Milão, Athletico Paranaense e outras equipes pelo mundo

Por Luiz Felipe Castro Atualizado em 25 mar 2022, 09h36 - Publicado em 25 mar 2022, 09h30

Dona de uma das camisas mais apreciadas por colecionadores, por sua incomum cor violeta, a Fiorentina, da Itália, anunciou nesta sexta-feira, 25, uma importante novidade, uma drástica alteração em seu escudo.

O clube de Florença seguiu a tendência já vista em rivais como Juventus e Inter de Milão e adotou um tom “minimalista”, mantendo o tradicional giglio (lírio, a flor que representa a cidade) e o V, de Viola, apelido do time, mas agora em formato mais achatado, e sem as iniciais ACF.

Nova camisa da Fiorentina remete ao modelo usado por Sócrates -
Camisa da Fiorentina em 2022 remete ao modelo usado por Sócrates Sergio BerezovskyPlacar/MF Press Global

Esta não é a primeira vez que a Fiorentina muda de escudo (nos tempos de Sócrates, por exemplo, na década de 80, o time tinha um grande escudo redondo, posicionado no centro da camisa, um modelo ). O escudo anterior, eternizado na presença do ídolo Gabriel Batistuta, perdurava desde 1991.

“Únicos desde sempre, como nosso futebol. Somos obstinados, rebeldes, orgulhosos donos de nosso destino”, escreveu a Fiorentina no manifesto em de lançamento do novo escudo.

A onda do ‘rebranding’

A Fiorentina, é portanto, mais uma equipe a buscar uma identidade visual mais moderna, uma repaginação estratégica – o chamando rebranding, no jargão da publicidade. No Brasil, o Athletico Paranaense foi o mais ousado ao alterar não apenas seu emblema, mas também seu nome (incluiu um H) e até seu uniforme, em 2018.

Continua após a publicidade

Um ano antes, a Juventus escandalizou a Itália com seu novo logo (este foi exatamente o termo usado pelo clube de Turim, em detrimento a escudo ou emblema), um J estilizado, para lá de minimalista.

Outra mudança marcante foi a do Manchester City. Em dezembro de 2015, o clube inglês lançou o novo escudo baseado em um desenho usado pelo clube entre os anos de 1972 e 1977. A mudança foi drástica, a águia e as três estrelas foram substituídas por um emblema circular com uma rosa vermelha e o desenho de um navio veleiro. O clube explicou ter feito uma série de pesquisas com torcedores e adotou o novo modelo na temporada 2016/2017.

O Atletico de Madrid, da Espanha, evitou uma descaracterização na mudança de seu símbolo, em dezembro de 2016. O clube anunciou a modernização de forma conjunta com o nome do novo estádio, o Wanda Metropolitano. O novo escudo teve um escurecimento do tom de azul, além de extremidades mais arredondadas.

No Brasil, o Atlético-GO também lançou, em meio as comemorações pelo aniversário de 83 anos do clube, um novo design para o escudo, mantendo as cores e a sigla ACG (Atletico Clube Goianiense), mas com drástica mudança de conceito.

Confira, abaixo, uma galeria com antigos e novos escudos:

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês