CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS
Entorta-Varal As novidades e curiosidades sobre o mercado de uniformes de futebol. Afinal, camisa pesa

Diadora retorna ao mercado brasileiro

Grupo Oscar fechou contrato exclusivo de licenciamento e distribuição da marca italiana no país; chuteiras serão lançadas no segundo semestre

Por Luiz Felipe Castro Atualizado em 20 abr 2022, 20h51 - Publicado em 21 abr 2022, 08h30

A Diadora, fornecedora italiana fundada em 1948 e de passagens marcantes no esporte brasileiro, está de volta ao mercado nacional. O Grupo Oscar, varejista com 40 anos de história, anunciou nesta semana um contrato exclusivo de licenciamento e distribuição da marca no Brasil. O contrato garante ao grupo o direito de criar coleções, gerir o marketing, receber coleções europeias e distribuir itens da Diadora.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Segundo Bruno Constantino, Diretor Geral do Grupo Oscar, essa movimentação é estratégica, entendida como um grande diferencial competitivo para 2022, acompanhando a tendência de varejistas administrarem multinacionais, como é o caso da Centauro, que comprou a Nike no Brasil, e da Arezzo, que comprou a Vans.

Jovens do Palmeiras no título da Série B de 2003
Palmeiras no título da Série B de 2003, vestindo Diadora PLACAR/Reprodução

“Fazia parte da estratégia do grupo administrar uma marca internacional.A Diadora tem uma ótima reputação e deve agregar muito valor ao nosso grupo”, disse Constantino.

Continua após a publicidade

Fundada na Província de Treviso, na Itália, como produtora de calçados para montanhas, a Diadora se desenvolveu como um player internacional da moda esportiva e patrocinou grandes equipes da Europa, como Napoli, Roma e seleção italiana.

No Brasil, a marca vestiu Palmeiras, Vasco, Atlético Mineiro e Bahia, entre outros, e fez história como a patrocinadora de ídolos de diversas modalidades, como o tenista Guga Kuerten, o piloto Ayrton Senna e o meia Zico.

 

O brasileiro Gustavo Kuerten ergue o troféu de campeão de Roland Garros, em 2000, na França
O brasileiro Gustavo Kuerten ergue o troféu de campeão de Roland Garros, em 2000, na França Martin Rose/Bongarts/Focus Features

A PLACAR, o Grupo Oscar informou que no segundo semestre já serão vendidas chuteiras Diadora produzidas no Brasil. As primeiras importações estão previstas apenas para 2023, após visitas à sede na Itália, e não há no momento nenhuma previsão de que um clube de futebol do país seja patrocinado pela marca.

Neste mês, chegará às lojas a primeira coleção com produtos, com preços que variam de 149,99 reais a 429,99 reais. “Nosso planejamento contempla posicionamento como marca esportiva – teremos produtos para prática de esportes como Training, Running, tênis e Futebol. Além disso, teremos a Linha casual/lifestyle inspirada nas coleções europeias”, afirmou Bruno Constantino. “A partir de 2023 iremos importar a linha internacional da Diadora que terá um posicionamento premium e distribuição altamente segmentada.”

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês