CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Elas na Área Por Maria Fernanda Lemos e Mariah Magalhães Notícias, entrevistas e reportagens especiais sobre o futebol feminino

Seleção feminina sofre gol no fim e perde para a Dinamarca em amistoso

Brasil saiu atrás do placar, buscou empate aos 42 do segundo tempo, mas cedeu a derrota com gol aos 45; time volta a campo na próxima terça-feira, 28

Por Da redação Atualizado em 24 jun 2022, 16h25 - Publicado em 24 jun 2022, 16h18

A seleção brasileira feminina perdeu por 2 a 1 para a Dinamarca nesta sexta-feira, 24, no Parken Stadium, em Copenhage, no primeiro amistoso preparatório para a Copa América, que acontece em julho. O gol que selou a vitória das donas da casa foi marcado já nos minutos finais, aos 45 do segundo tempo, pela meio-campista Mille Gejl.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

A lateral-direita Janni Thomsen, pela Dinamarca, e atacante Debinha, pelo Brasil, anotaram os outros gols da partida. O país volta a jogar na próxima terça, 28, diante da Suécia, em Estocolmo.

Antes da bola rolar, a delegação brasileira confirmou o corte da atacante Gabi Nunes, do Madri CFF, da Copa América. A jogadora ainda não se recuperou da lesão muscular que havia sofrido na coxa esquerda. Para o seu lugar, Pia convocou Duda Sampaio, do Internacional.

Pela primeira vez na história a seleção dinamarquesa feminina disputou um jogo no principal estádio do país. A torcida lotou o local e vibrou com os lances tanto da equipe da casa, quanto da seleção brasileira.

Continua após a publicidade

A Dinamarca abriu o placar logo aos 16 minutos do primeiro tempo com um chute da entrada da área de Janni Thomsen, no ângulo e sem chances de defesa para a goleira brasileira Lorena.

A origem da jogada nasceu da roubada de bola da camisa 10 e craque dinamarquesa, Pernille Harder. A seleção brasileira, por sua vez, armou suas principais jogadas com Debinha e Kerolin, mas pecava nas tomadas de decisões e criação das jogadas.

O Brasil empatou com uma jogada individual de Debinha, aos 42 minutos do segundo tempo. Três minutos depois, porém, Mille Gejl chutou de cruzado e sacramentou a vitória das donas da casa.

A seleção brasileira seguirá a preparação para a disputa da Copa América, na Colômbia, enquanto as dinamarquesas farão os ajustes finais para a Eurocopa, também no próximo mês, que será realizada na Inglaterra.

Assine o Amazon Prime e garanta 30 dias grátis de acesso ao Prime Video e outras vantagens

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês