CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Elas na Área Por Maria Fernanda Lemos e Mariah Magalhães Notícias, entrevistas e reportagens especiais sobre o futebol feminino

Copa do Mundo masculina terá árbitras e assistentes mulheres pela 1ª vez

Auxiliar brasileira Neuza Ines Back será uma das seis oficiais de arbitragem que atuarão no Mundial do Catar

Por Da redação Atualizado em 19 Maio 2022, 10h20 - Publicado em 19 Maio 2022, 10h11

A Copa do Mundo de 2022, a ser disputada no Catar entre novembro e dezembro, terá seis oficiais de arbitragem mulheres, algo inédito na história da competição masculina organizada pela Fifa. Serão três árbitras principais e três assistentes – entre elas, a auxiliar brasileira Neuza Ines Back, de Santa Catarina.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

As três árbitras selecionadas foram Stephanie Frappart, da França, Salima Mukansanga, de Ruanda, e Yoshimi Yamashita, do Japão. Já as assistentes, além de Neuza, são a mexicana Karen Díaz Medina e a norte-americana Kathryn Nesbitt.

Todas as escolhidas têm experiência trabalhando em partidas masculinas. Frappart foi a primeira mulher a apitar um jogo de Liga dos Campeões entre homens, quando atuou em Juventus x Dínamo de Kiev, em 2020. Ela também já comandou partidas masculinas das Eliminatórias Europeias e do Campeonato Francês.

Continua após a publicidade

A árbitra francesa Stephanie Frappart -
A árbitra francesa Stephanie Frappart – Jean-François Monier/AFP

Já Mukansanga apitou um jogo da Copa Africana de Nações neste ano, entre Zimbábue e Guiné, enquanto Yamashita foi a primeira árbitra mulher a atuar em uma partida da Liga dos Campeões da Ásia masculina.

“Nós enfatizamos que o que conta é a qualidade, não o gênero”, disse o italiano Pierluigi Collina, chefe do comitê de arbitragem da Fifa. “Eu espero que, no futuro, a escolha de mulheres oficiais de arbitragem de elite para competições masculinas importantes seja percebida como algo normal, e não sensacional”.

Ao todo, a Fifa escolheu 36 árbitros, 69 assistentes e 24 operadores do VAR para a Copa do Mundo. Além de Neuza, o Brasil será representado pelos árbitros Raphael Claus e Wilton Sampaio e pelos assistentes Bruno Boschilia, Bruno Pires, Danilo Simon e Rodrigo Figueiredo. Os selecionados vão participar de seminários e sessões de treinamento no meio do ano para se preparar para o torneio.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês