CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Elas na Área Por Maria Fernanda Lemos e Mariah Magalhães Notícias, entrevistas e reportagens especiais sobre o futebol feminino

Alexia x Hegerberg: final da Champions pode decidir a Bola de Ouro

Atual detentora do prêmio e artilheira da competição, Putellas estará frente a frente com a melhor do mundo em 2018 e maior artilheira da história da Liga

Por Da redação Atualizado em 20 Maio 2022, 09h26 - Publicado em 20 Maio 2022, 04h00

A final da Liga dos Campões feminina marcada para este sábado, 21, no Allianz Stadium, em Turim, às 14h (de Brasília), marcará não somente uma disputa acirrada e emocionante entre Barcelona e Lyon, mas também o encontro particular entre duas referências na modalidade. De um lado, a espanhola Alexia Putellas, atual dona da Bola de Ouro, do The Best e artilheira da competição, e do outro a norueguesa Ada Hergerberg, maior artilheira da história da Champions e eleita melhor jogadora do mundo em 2018.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

A capitã do Barça tem 18 gols marcados em 61 partidas disputadas em todas as suas participações no torneio, mas, nesta temporada em particular, elevou os números de forma avassaladora: foram dez gols em nove partidas, média de 1,11.

Atual campeão, o clube catalão superou o Wolfsburg por 5 a 3 e disputa sua segunda final consecutiva de Champions. Pelo fato de o time ter sido derrotado pelo Lyon na final de 2019, Putellas enxerga essa decisão com um sentimento de amor de ódio, segundo disse ela em entrevista dada ao site DAZN.

Aos 27 anos, Putellas é a capitã do Barça e tem contrato até 2014 com o clube
Atual melhor do mundo, Putellas é a principal estrela do Barcelona – Barcelona/Facebook

Realmente doeu e foi uma verificação da realidade para a equipe, mas também foi um teste útil para nós. Vimos que não estávamos no mesmo nível que o Lyon. Por muitos anos, desde aquela final em 2019, estamos comprometidas. Fomos dedicadas por muito tempo”, afirmou.

Continua após a publicidade

Já a camisa 14 do Lyon detém a marca de 58 gols em 59 partidas, sendo a maior artilheira da história da competição, com cinco troféus consecutivos conquistados, entre 2016 e 2020.

Nesta temporada, foi titular em seis confrontos e marcou cinco gols ao todo. Ada foi a primeira mulher a receber a Bola de Ouro e agora aos 27 anos ainda quer bater recordes.

Ada Hegerberg está de volta à seleção norueguesa -
Ada Hegerberg também está de volta à seleção norueguesa – @AdaStolsmo/Twitter

A última vez em que as equipes se encontraram foi há três anos atrás, quando o Lyon superou o Barça por 4 a 1, na final da Liga dos Campeões, em Budapeste, com três gols da estrela norueguesa. Na temporada seguinte, em 2020, Ada sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho, que a deixou afastada dos gramados durante 20 meses.

Em entrevista à BBC Sport, a jogadora disse que se sente como uma criança novamente: “estas finais são algo especial. Chegar à final da Champions League é muito grande. Quando você está nela, você quer vencer. Trata-se de aproveitar o momento, especialmente em um nível pessoal depois do que passei e me sinto literalmente como uma criança. É tudo uma questão de absorver isso. No ano passado eu nunca teria imaginado estar neste ponto”, disse.

No ano passado, depois de cinco temporadas levantando a taça, o Lyon foi eliminado nas quartas de final pelo Paris Saint-Germain e agora pretende dar a vida em campo para sair vitorioso.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês