CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Vitor Pereira defende Roni e Raul Gustavo após empate do Corinthians

Técnico português lamentou erros, mas disse que sem os "miúdos" time não estaria no G4 e que maturidade só virá com mais chances em campo

Por Da redação 16 jun 2022, 10h58

O empate em 1 a 1  com o Athletico Paranaense na última quarta-feira, 15, na Arena da Baixada, teve gosto amargo para o Corinthians. A equipe treinada por Vitor Pereira perdeu a chance de assumir a liderança parcial do Campeonato Brasileiro ao sofrer empate aos 38 do segundo tempo, após pênalti cometido por Raul Gustavo e expulsão de Roni, dois jovens do elenco.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Os erros do zagueiro e o volante, ambos de 23 anos, ocorreram em momento crucial para que o Corinthians levasse três preciosos pontos para casa, após belo gol de falta de Roger Guedes. Roni foi expulso cinco minutos depois de entrar em campo, bem como Hugo Moura, com quem discutiu. O jogador recebeu dura bronca de Vitor Pereira ainda dentro de campo. Raul Gustavo, por sua vez, derrubou Vitor Roque dentro da área, enquanto o adversário tinha o corpo virado para a lateral e não apresentava qualquer risco para a defesa.

Vitor Pereira concedeu entrevista coletiva e, decepcionado com o resultado, ressaltou a falta de controle emocional do grupo, que perdeu a chance de “dormir líder” da tabela do Brasileirão. O resultado ainda possibilita o rival Palmeiras abrir três pontos na ponta da classificação.

“O que nos faltou foi gerir um pouco melhor nossas emoções. O jogo estava controlado, perdemos bolas fáceis, demos esperanças ao adversário e essa confusão com amarelos e vermelhos nos fez perder o foco. Cometemos um pênalti com um jogador correndo para a lateral do campo”, ressaltou o português, que, no entanto, fez questão de defender os “miúdos” (garotos, no português lusitano).

“Eu imagino o que seria nossa equipe neste momento se não tivéssemos esses miúdos todos. Não sei onde estaríamos na tabela, certeza que não estaríamos no topo. Eles, claro, cometem um ou outro erro e essa maturidade deve ser adquirida com o tempo.”

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, 19, às 16h, para enfrentar o Goiás, na Neo Química Arena. Na próxima semana, o Timão encara o Santos, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Assine o Amazon Prime e garanta 30 dias grátis de acesso ao Prime Video e outras vantagens

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês