CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Histórico: Fred chega ao 199º gol pelo Fluminense e vai às lagrimas

Próximo da aposentadoria, ídolo tricolor fechou a goleada por 4 a 0 diante do Corinthians e chorou com a festa no Maracanã

Por Da redação Atualizado em 2 jul 2022, 22h30 - Publicado em 2 jul 2022, 20h21

A tarde deste sábado, 2, foi especial para o torcedor do Fluminense e, sobretudo, para um ídolo tricolor, o atacante Fred. A uma semana de se aposentar, o veterano de 38 anos voltou atuar depois de dois meses de ausência fechou a vitória por 4 a 0 sobre o Corinthians, chegando ao gol de número 199 com a camisa da equipe carioca.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

A vitória já estava muito bem encaminhada. Aos 38 minutos do segundo tempo, Fernando Diniz atendeu ao pendido da torcida tricolor e mandou Fred a campo. O atacante precisou de sete minutos para balançar a rede, aos 45, e chegar a marca histórica.

O Maracanã veio abaixo e Fred foi às lágrimas: “Fiquei parecendo um menino, uma criança. Só conseguia chorar”, disse após o jogo em entrevista ao Premiere.

“Só gratidão no meu coração… Quando eu estava mais abandonado, enfraquecido, no chão ou na lona, a única torcida que acreditou em mim foi a do Fluminense. Quando eu não acreditei em mim, a nossa torcida acreditou, estendeu a mão e me tirou do buraco – depois da Copa. Em 2009, que foi um título para nós, a gente estava acabado e a torcida tirou a gente do chão”, comentou o ídolo tricolor.

“Meus dias estão se encerrando, todo o ciclo como jogador, e antes de voltar para o Fluminense eu vivia momentos de muita tristeza e queria abandonar toda a carreira. O Fluminense foi lá na roça, lá na fazenda – eu estava me escondendo, envergonhado – e o Mário confiou em mim, nesse projeto de reconstrução do clube e hoje é emocionante vir aqui no meu penúltimo jogo, a torcida cantar meu nome e eu acabar fazendo um gol – se alguém fosse escrever um roteiro, não seria tão perfeito como esse”, completou.

Continua após a publicidade

Fred é um dos maiores ídolos da história do Fluminense. Foram duas passagens pelo clube, de 2009 até 2016 e, depois de sair, retornou na metade de 2020. Conquistou dois títulos brasileiros (2010 e 2012) e dois estaduais (2012 e 2022) em 381 jogos com a camisa tricolor.

Próximo do adeus, Fred pendura as chuteiras no próximo sábado, 9, diante do Ceará. A promessa é de Maracanã lotado, muita festa e, quem sabe, o 200] gol: “Se o Diniz me colocar dois minutos, tenho certeza que uma bolinha vai sobrar”.

Assine o Amazon Prime e garanta 30 dias grátis de acesso ao Prime Video e outras vantagens

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês