ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS
#TBT Placar

Fortaleza quer repetir o Sport, único nordestino campeão da Copa do Brasil

PLACAR relembra a façanha dos pernambucanos, campeões da competição em 2008; Fortaleza já recolocou o Nordeste na semi após uma década, mas pode ir além

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 14h02 - Publicado em 16 set 2021, 14h53

Foi maiúscula a classificação do Fortaleza às semifinais da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, 16, orquestrada pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda, a equipe se impôs diante do São Paulo e construiu com méritos o placar de 3 a 1, após um empate por 2 a 2 na partida de ida, no Morumbi. Depois de uma década, um clube nordestino está presente na semifinal da competição. O sonho, agora, é ir além: repetir a façanha do Sport, único campeão da região.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Sport bateu o Corinthians e foi campeão da Copa do Brasil de 2008 -
Sport bateu o Corinthians e foi campeão da Copa do Brasil de 2008 – Reprodução/Placar

O título do rival regional no torneio veio sob a batuta de Nelsinho Baptista, em junho de 2008. Após ser derrotado por 3 a 1 no primeiro confronto, no Morumbi, a equipe conseguiu o título com uma vitória por 2 a 0 na Ilha do Retiro.

O jogo, por sinal, é considerado por muitos torcedores do rubro-negro como o mais importante da história de 84 anos do estádio, superando clássicos locais e o jogo da final do Brasileiro de 1987, contra o Guarani.

PLACAR registrou o feito na edição de julho de 2008. Em matéria assinada pelo repórter Carlos Lopes, o título “Um leão solto na América” faz referência aos planos do Leão da Ilha para a disputa da Libertadores de 2009. Curiosamente, o Fortaleza também leva o animal como mascote, é o Leão da Pici.

O Sport, assim como o Fortaleza, sonhava em conquistar um espaço definitivo entre os grandes do futebol brasileiro. Foi pentacampeão pernambucano. entre 2006 e 2010, venceu a Copa Pernambuco, em 2007, a Copa do Brasil, em 2008, além do acesso à elite do país com o vice-campeonato da Série B, em 2006.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

A matéria citou os esforços da equipe em manter um time competitivo, uma vez que muitos vencedores da Copa do Brasil foram meros figurantes na competição continental. Entre os reforços, o retorno dos meias Romerito e Fumagalli, além da antecipação da renovação de contrato das principais peças. Além disso, o clube trabalhava para o acerto com novos patrocinadores.

Matéria citou a ascensão do Sport até o título da Copa do Brasil -
Matéria citou a ascensão do Sport até o título da Copa do Brasil – //Reprodução

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Juan Vojvoda chama a atenção por trabalho corajoso no Fortaleza -
Juan Vojvoda chama a atenção por trabalho corajoso no Fortaleza – Alexandre Schneider/Getty Images

Presidente do Fortaleza desde 2017, Marcelo Paz é considerado o rosto de uma revolução no clube cearense. Em sua gestão, o clube tem quatro títulos: a Série B e a Copa do Nordeste, em 2019, além do Cearense, em 2020 e 2021. Uma virada após um difícil período de oito anos na Série C nacional, precisando enxugar gastos. Hoje, virou referência de organização.

“Montamos um elenco praticamente a custo zero, com jogadores em fim de contrato, emprestados. As passagens de fase na Copa do Brasil ajudaram o time a seguir neste caminho da responsabilidade financeira”, disse Paz, em entrevista a PLACAR de julho deste nao. Outro acerto em cheio da gestão foi a contratação até então desconhecido Vojvoda.

A evolução do futebol nordestino é evidente. São quatro representantes na Séries A e e seis na Série B (seis) do Brasileirão. A ascensão ficou ainda mais clara na atual edição da Copa do Brasil. A região conseguiu assegurar cinco das 16 vagas nas oitavas de final da competição.

Para chegar até aqui, o Fortaleza passou por Caxias-RS, Ypiranga-RS, Ceará, seu maior rival, CRB-AL e, por último, o São Paulo. Agora, enfrentará o Atlético Mineiro, que chegou à semifinal eliminando o Fluminense, com duas vitórias. As semifinais do torneio serão disputadas nos dias 20 e 27 de outubro

O Sport, por sua vez, trilho caminho complicado das fases iniciais até a final: Imperatriz-MA, Brasiliense-DF, Palmeiras, Internacional, Vasco e o Corinthians.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade