ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS
Paulo Cezar Caju

Supervalorização de David Luiz e R. Augusto mostra como paramos no tempo

Na Europa, nenhum clube se interessa mais por eles, mas aqui mandam e desmandam. Ou é carência, efeito da pandemia, ou total desconhecimento

Por Paulo Cezar Caju 15 nov 2021, 15h33

Fica fácil perceber que nossos comentaristas pararam no tempo, são fracos, não conhecem nada sobre o tema e não contribuem para uma mudança de cenário quando um deles se derrama em elogios ao futebol de….David Luiz. Não deve ter jogado nem quatro partidas e já merece esse destaque todo? Ontem, não foi diferente com Renato Augusto. Já pedem Diego Costa na seleção e para eles a 10 já é do Hulk, sem falar nos fãs de Douglas Costa, William e Paulinho, que está de volta.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Na Europa, nenhum clube se interessa mais por eles, mas aqui mandam e desmandam. Ou é carência, efeito da pandemia, ou total desconhecimento. Os comentaristas atuais adoram falar sobre estratégias, esquemas de jogo, mas o torcedor conhece muito mais que eles e não está interessado em ficar ouvindo 90 minutos de abobrinhas. Na última rodada voltei a ouvir consistência de jogo, intensidade, jogador de beirinha, etc. Nossos técnicos, a mesma coisa. Vejam o Mancini, que trocou o América Mineiro para ser o salvador da pátria gremista e ontem tomou uma cipoada do ex-clube.

Rogério Ceni, um que já elogiei muito, não se acerta porque quer inventar e fica pulando de galho em galho. O treinador tem que pegar um trabalho no início de temporada, mas os aventureiros topam tudo. Dessa forma, nosso futebol continuará estacionado. Mas, diga-se de passagem, na Europa existem alguns casos bem parecidos, como a seleção portuguesa, que foi derrotada pela Sérvia e vai para a repescagem. Ah, PC, mas ela foi campeã da Europa. Foi mais um daqueles casos que venceu sem convencer, sem encantar, jogando na retranca. O futebol covarde merece ser castigado.

Sai Cristiano Ronaldo e Ibrahimovic, que também foi para a repescagem depois de ver sua Suécia perder para a Espanha. E a Rússia foi derrotada pela Croácia! Eu, sinceramente, quero ver novos nomes, novos ídolos, novos treinadores, novas formas de jogar. Imagine nossa seleção ir para a Copa com David Luiz, Hulk, Renato Augusto e todos esses outros queridinhos da imprensa? O Brasil virou um depósito de ferro-velho, mas sem o charme da tradicional Kombi que azucrina o nosso sono…”compro ferro-velho, metal velho, ar-condicionado velho…”.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade