Futebol em números

Futebol em números

Por Rodolfo Rodrigues

Editor do site da revista PLACAR, Rodolfo Rodrigues mostra as curiosidades do futebol através dos números e das estatísticas

 

Messi e Cristiano Ronaldo superam marcas na Liga Espanhola

Por Rodolfo Rodrigues 28/01/2013 - 11h44

A última rodada do Campeonato Espanhol, a 21ª, mostrou mais uma vez a força de Barcelona e Real Madrid, que golearam, e a excelente fase de seus craques, Messi e Cristiano Ronaldo – que se enfrentarão na próxima quarta pela Copa da Espanha.

O argentino marcou 4 gols na vitória sobre o Osasuna, atingiu a marca de 11 jogos consecutivo balançando as redes (um recorde na Liga) e superou a marca de 200 gols pelo Campeonato Espanhol. Em 21 jogos, Messi já soma 33 gols e lidera a artilharia do Espanhol com folga. Presente em todos os jogos do clube até agora, o camisa 10 do Barça tem pela frente mais 17 jogos. Para quebrar seu próprio recorde de gols (fez 50 na última temporada), Messi terá que marcar mais 18. Ou seja, mais de um por jogo. Hoje, sua média é de 1,57 gols por partida na Liga 2012/13. E dos 21 jogos que fez até então, só passou em branco em quatro deles. Em 11 partidas, marcou dois gols.

Com essa marca de 33 gols em 21 jogos, Messi igualou também um recorde antigo, do inglês Dixie Dean, que na temporada de 1927/28, fez o mesmo pelo Everton, no Campeonato Inglês. Dean é até hoje o jogador com mais gols em um só campeonato nacional entre as grandes ligas do mundo. Naquela temporada, marcou nada menos que 60 gols. Mantendo essa média de 1,57 gols por jogo, Messi marcaria mais 28,3 gols nos próximos 18 jogos, atingindo assim a marca de 61 gols.

Na lista dos maiores artilheiros do Campeonato Espanhol, Messi, com 202 gols, ocupa a 8ª colocação entre aqueles que já marcaram desde 1928/29. Entre os jogadores em atividade, o argentino é o primeiro, seguido pelo companheiro David Villa – que ontem deu um passe para um dos gols de Messi. Com apenas 25 anos, Messi tem muito tempo pela frente para superar Telmo Zarra (251 gols).

Já Cristiano Ronaldo, que marcou três gols na vitória sobre o Getafe num intervalo de apenas 10 minutos, aparece na 27ª colocação nessa lista histórica de goleadores. Essa foi a 19ª vez que o português marcou três gols em um só jogo pelo Real Madrid. Um recorde na história do clube merengue.

Com 21 gols em 20 jogos no atual Campeonato Espanhol, Cristiano Ronaldo já soma 133 gols em 121 partidas pelo Real nas últimas quatro temporadas. Com a média de 1,10 gols por jogo, o português tem a segunda melhor média entre jogadores que marcaram mais de 100 gols pelo Campeonato Espanhol, atrás apenas de Isidro Lángara, que fez 104 gols pelo Oviedo em apenas 90 jogos (1,16 por partida).

Confira a lista dos maiores artilheiros da história do Campeonato Espanhol:

Pos Jogador País Gols Jogos Média
Telmo Zarra Espanha 251 277 0,91
Hugo Sánchez México 234 347 0,67
Raúl Espanha 228 550 0,41
Di Stéfano Argentina 227 329 0,69
César Rodríguez Espanha 226 353 0,64
Quini Espanha 219 448 0,49
Pahiño Espanha 210 278 0,76
Messi Argentina 202 235 0,86
Mundo Espanha 195 231 0,84
10º Santillana Espanha 186 461 0,40
11º Juan Arza Espanha 182 349 0,52
12º Guillermo Gorostiza Espanha 178 256 0,70
13º David Villa Espanha 166 302 0,55
14º Eto’o Camarões 162 280 0,58
15º Luis Aragonés Espanha 160 360 0,44
16º Puskás Hungria 156 180 0,87
17º Julio Salinas Espanha 152 417 0,36
18º Adrián Escudero Espanha 150 287 0,52
19º Dani Ruiz Bazán Espanha 147 303 0,49
20º Raúl Tamudo Espanha 145 403 0,36
21º Silvestre Igoa Espanha 141 284 0,5
22º Manuel Badenes Espanha 139 201 0,69
23º Juan Araujo Espanha 139 207 0,67
24º José Mari Bakero Espanha 139 483 0,29
25º Ladislao Kubala Hungria 138 215 0,64
26º José Luis Panizo Espanha 136 325 0,42
27º Cristiano Ronaldo Portugal 133 121 1,10
28º Jesús María Satrústegui Espanha 133 297 0,45
29º Joaquín Murillo Espanha 132 227 0,58
30º Ismael Urzaiz Espanha 131 445 0,29
31º Fernando Ansola Espanha 130 323 0,40
32º Luboslav Penev Bulgária 129 305 0,42
33º Diego Forlán Uruguai 128 240 0,53
34º Paco Gento Espanha 128 438 0,29
35º Paco Campos Espanha 127 205 0,62
36º Eneko Arieta Espanha 127 248 0,51
37º Mario Kempes Argentina 126 222 0,57
38º Herrerita Espanha 125 230 0,54
39º Epi Espanha 124 334 0,37
40º Fernando Morientes Espanha 124 337 0,37
41º Emilio Butragueño Espanha 123 341 0,36
42º Pirri Espanha 123 417 0,29
43º Piru Gaínza Espanha 120 381 0,31
44º Amancio Amaro Espanha 119 344 0,35
45º Ronaldo Brasil 117 164 0,71
46º Rafael Marañón Espanha 116 309 0,38
47º Waldo Brasil 115 215 0,53
48º José Juncosa Espanha 114 232 0,49
49º Davor Šuker Croácia 114 239 0,48
50º Pedro Uralde Espanha 112 339 0,33
51º Roberto López Ufarte Espanha 112 418 0,27
52º Carlos Muñoz Espanha 111 314 0,35
53º José Ángel Ziganda Espanha 111 381 0,29
54º José Eulogio Gárate Argentina 109 241 0,45
55º Fernando Gómez Espanha 109 421 0,26
56º Bata Espanha 108 118 0,92
57º Pichi Alonso Espanha 108 265 0,41
58º José Luis Artetxe Espanha 108 274 0,39
59º Rivaldo Brasil 107 198 0,54
60º Mariano Martín Espanha 105 130 0,81
61º Hermidita Espanha 105 159 0,66
62º Meho Kodro Bósnia 105 263 0,40
63º Fernando Hierro Espanha 105 497 0,21
64º Isidro Lángara Espanha 104 90 1,16
65º Cayetano Ré Paraguai 104 265 0,39
66º Luis Enrique Martínez Espanha 102 400 0,26
67º Victorio Unamuno Espanha 101 144 0,70
68º Campanal I Espanha 101 157 0,64
69º Manu Sarabia Espanha 101 363 0,28
70º Julen Guerrero Espanha 101 372 0,27
71º Roy Makaay Holanda 100 205 0,49

 

 

Comente!

Copyright © 2012, Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados.