Clima de Copa

Clima de Copa

Por Redação Placar

As histórias das Copas do Mundo, as curiosidades da competição e os preparativos para o Mundial de 2014

 

Brasil e Suécia, final da Copa de 58, na íntegra

Por Redação Placar 06/08/2013 - 16h16 1 comentário

A primeira estrela de nossa constelação veio em 1958 / Correio da Manhã

A primeira estrela da constelação que brilha acima do distintivo da CBF na tradicional “amarelinha” foi bordada nos idos de 1958. Naquele ano, o Brasil deixava pra trás a “síndrome de vira-lata”, que acompanhava a seleção brasileira desde a derrota para o Uruguai, na final da Copa de 1950, e conquistava, pela primeira vez, a Taça Jules Rimet.

Na final contra a Suécia, equipe dona da casa, Pelé, Garrincha, Didi, Zito e companhia jogaram o fino da bola, goleando o rival por 5 x 2. Por muitos anos, apenas trechos do jogo estavam disponíveis para que os fãs do esporte mais popular do planeta pudessem desfrutar.

Os passes precisos de Didi, os dribles de Garrincha e os gols de Pelé eram editados e chegavam aos telespectadores em pequenos trechos, fato que impedia os aficcionados por futebol de ter a real noção de como era o jogo praticado naquele tempo.

Com o advento do Youtube, tudo mudou. Hoje, podemos assistir aos grandes jogos da Copa, sem cortes, sem edição. Para as novas gerações, é a oportunidade de assistir ao futebol clássico praticado nos tempos de outrora.

Confira abaixo, na íntegra, o jogo entre Brasil e Suécia, em 1958:

Comentários1

  1. JOSÉ HUMBERTO comentou:
    MARAVILHOSO PODER ASSISTIR A ESSE JOGO,JOGADORES QUE NÃO VIR JOGAR. OS NOSSOS CRAQUES DO PASSADO,COMO DIDI,NILTON SANTOS,GARRINCHA,ZITO,PELÉ,GILMAR, VAVÁ, E OUTROS,JOGAVAM O NOSSO VERDADEIRO FUTEBOL QUE ENCANTAVA O MUNDO
    em 08/08/2013, às 00:43h

Copyright © 2012, Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados.